terça-feira, 4 de outubro de 2011

Sempre Congadeiro!



Uma festa onde o povo vai para as ruas,cantar,tocar e orar,é uma festa que fortalece nossa energia.



Salve Nossa Senhora do Rosário...Salve São Benedito.

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Festa para o vice????





















Será que desta festa sai o vice de Luiz Humberto???

terça-feira, 30 de agosto de 2011

SOU ASSIM SEMPRE!

"Não é só bater na porta certa, mas bater até abrir."

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

UMA IDÉIA A EXPLORAR?




Vamos colocar nossos idosos nas cadeias e o delinquentes fechados nas ''casas de repouso''.-Desta maneira, os idosos teriam todos os dias acesso a um ducha, lazer, passeios.-Não teriam necessidade de fazer comida, fazer compras, lavar a louça, arrumar a casa, lavar roupa etc.-


Teriam medicamentos e assistência médica regular e gratuita.-Estariam permanentemente acompanhados.-Teriam refeições quentes e a toda hora.


-Não teriam que pagar pelo seu alojamento.-Teriam direito a vigilância permanente por vídeo e receberiam assistência imediata em caso de acidente ou emergência sem qualquer pagamento.-



Suas camas seriam mudadas duas vezes por semana e a roupa lavada e passada com regularidade.-Um guarda visitá-los-ia a cada 20 minutos e levar-lhes-ia a correspondência diretamente em mão.-Teriam um local pra receberem a família ou outras visitas.-


Teriam acesso a uma biblioteca, sala de exercícios e terapia física / espiritual.-Seriam encorajados a arranjar terapias ocupacionais adequadas, instalações e equipamento gratuitos.-Ser-lhes-ia fornecido gratuitamente roupas e produtos de higiene pessoal.-Teriam assistência jurídica gratuita.-


Viveriam numa habitação privada e segura, com um pátio para convívio e exercícios.-Acesso a leitura, computador, televisão, rádio, celulares e chamadas telefonicas na rede fixa.-


Teriam um secretariado de apoio, e ainda Psicólogos, Assistentes Sociais, Políticos, Televisões, Anistia Internacional, etc., disponíveis para escutarem as suas queixas.-


O secretariado e os guardas seriam obrigados a respeitar um rigoroso código de conduta, sob pena de serem duramente penalizados.-Ser-lhes-iam reconhecidos todos os direitos humanos internacionalmente convencionados e subscritos.
Por outro lado, nas casas dos idosos:-


Os delinquentes viveriam numa pequena habitação com obras feitas há mais de 50 anos.-Teriam que confeccionar a sua comida e comê-la muitas vezes fria e fora de horas.-Teriam que tratar da sua roupa.-


Viveriam sós e sem vigilância.-Esquecer-se-iam de comer e de tomar os medicamentos e não teriam ninguém que os ajudasse.-De vez em quando seriam vigarizados, assaltados ou até violados.-Se morressem, poderiam ficar anos, até alguém os encontrar.-


As instituições e os políticos não lhes dariam qualquer importância ou assistencia.-


Morreriam após anos à espera de uma consulta médica ou de uma operação cirúrgica.-Não teriam ninguém a quem se queixar.-Tomariam um banho de 15 em 15 dias, sujeitando-se a não haver água quente ou a caírem na banheira velha.-Passariam frio no Inverno porque não teriam aquecimento.-O entretenimento diário consistiria em ver telenovelas.
... Digam se desta forma não haveria mais justiça para todos e os contribuintes agradeceriam?

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Cheguei de Santa Catarina



Agradeço todas as dificuldades que enfrentei; não fosse por elas, eu não teria saído do lugar. As facilidades nos impedem de caminhar. Mesmo as críticas nos auxiliam muito

Chico Xavier

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Pedalar por prazer






















Amanhã iremos completar o Circuito Vale Europeu de Ciclismo.


O que nossos olhos viram nesta semana inteira,não conseguiremos descrever tudo jamais.


A bicicleta me proporcionou uma renovação de alma,me fez ver o mundo de maneira diferente completamente diferente,me fez conversar com pessoas de culturas diferentes,conheci alguns que ficarão eternamente guardados na minha memória e no meu coração.


Amanhã iremos girar o pedal,contemplar cada segundo,cada minuto dos locais onde passaremos.


Isso é bom demais para o ser humano,não ser escravo da maquina e sim do seu proprio corpo.


Nesta semana toda,ouvi minha respiração,coisa que não acontecia a muito,escutei passaros de várias espécies com suas sinfonias exclusiva para meus ouvidos.Vi de perto mais de 80 cachoeiras de todas as quedas possiveis,senti muito frio,senti calor,senti muita mais muita dor,mais o que mais me deu emoção foi encontrar no meio da natureza um altar de pedra feito pela natureza com Nossa Senhora Aparecida e ao lado uma cachoeira linda.


Agora o que mais me deu prazer,foi superar meus limites,foi ter a coragem de enfrentar um desafio comigo mesmo e de poder refletir e agradecer todos os dias da minha vida como DEUS é sensacional.


Agradeço e muito a CEMIL por acreditar neste projeto.

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Pedalando com qualidade de vida!


O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.

Hoje na nossa pedalada tive um dia especial,pois conhecemos algo diferente...um Hotel no meio do Vale com cachoeiras e uma cervejaria especial.
O Dono Sr Horts Lindner muito educado nos mostrou a beleza e a historia deste lugar.
www.lindnerhof.com.br

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Pedalar é superar limites do corpo













Hoje foi um dia diferente pois tivemos muita dificuldade no trajeto,pois além da chuva o tempo todo muita areia no caminho,subidas demais e isso causou alguns problemas nas nossas bikes.Pedalamos 48km numa região de muitos lagos e rios.Segue Mapa da pedalada de hoje.Pra se ter uma ideia a previsão e de cair neve quinta e sexta feira..



Nosso café da manhã sempre tem leite CEMIL!


Beba saúde.Beba CEMIL.

Pedala Maracanã













No primeiro dia fizemos o percurso em 5 horas pois a região é cheia de montanhas e como chove se torna mais perigoso,devendo assim ter uma atenção redobrada.Alimentação por esta região é carne de pato com molho de maça....só da isso por aqui.
Durante o trajeto muita bebida isotônica,barras de cereal e alongamento a cada 20km.
Passamos por regiões da plantações de arroz e bananais muito comuns em Santa Catarina.
Outro detalhe é que os campononeses nos domingos não saem de casa pra nada.Ficam todos reunidos na beira do fogão a lenha para a queima do pinhão.Eles não abrem nem a porta.(mais também com este frio) Vamos sair daqui a pouco para mais 50km agora de Pomerode a Indaiau.Salve se quem puder.....




Apoio CEMIL.

sábado, 23 de julho de 2011

O Brasil precisa mudar e muito







Em várias praias do País você vê absurdos como este da foto ao lado.As construções irregulares de casas e muros,pessoas tomam posse de ruas e também dos acessos a praias cercando tudo, o que é proibido.Porém prefeitos e ministério publico fazem vista grossa e são até coniventes com esta situação.Vergonha!

Imagine se cada brasileiro pudesse ter uma ruazinha particular também?

Férias em Paúba



situada em uma das mais belas praias do litoral de São Paulo Paúba é um local tranquilo,no meio da mata atlantica com vista maravilhosa.Do lado fica Maresias.Detalhe o Estado de São Paulo amanheceu chovendo e praia com chuva não dá.Mesmo assim é muito gostoso estar num local deste com a familia e se libertando do stress. Bão demais da conta!

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Olho na BAND







Olho na tela,olho no Maracanã,olho na BAND.

AGUARDEM!

sábado, 9 de julho de 2011

Acidente com fotos




























O acidente aconteceu por volta das 10:00hs de sabado 09-07-2011 na BR 365 proximo a Olhos da agua,uma carreta carregada de minerio(motorista Alcides Dias Dos Santos nada sofreu) que vinha de Corumbá MT com destino a Sete Lagoas, bateu com um veiculo Gol vermelho placas HCC 2567 de Monte Carmelo,segundo relatos da PRF e do Bombeiros o acidente foi provocado apos o motorista do Gol Gaspar dos Reis Cardoso 38 anos(vitima fatal) ter jogado intensionalmente seu carrro para o lado contrario da pista batendo de frente com a carreta.Alem do motorista do gol uma outra vitima com ferimentos graves foi socorrida pelos bombeiros e levada a UFU.Ainda sobre o acidente segundo pude apurar o motorista do gol estava passando por diversos problemas relaionados a depressão.









Informações enviadas via 3G da estrada.

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Preparando para o Circuito Vale Europeu de BIKE





















































Pessoal começo aqui mais um desafio em minha vida,irei registrar no diario de uma pedalada os detalhes desta aventura em duas rodas.......


No final do mês de Julho estarei realizando um circuito de Bike de 300km.

Eu,um professor de educação fisica e um instrutor de Bike estaremos realizando um grande desafio num dos lugares mais belos de Santa Catarina.


Aqui os preparativos na Clinica Amigos do Coração onde conferi os batimentos cardiacos,pressão,e fiz um teste na esteira de 15 minutos para averiguar o condicionamento fisico,além de varios exames de sangue.No final está tudo bem.Agora e treinar muito e cuidar da alimentação pois a contagem regressiva começa agora..........


Patrocinio Beba saúde Beba Cemil e Revista Cult


segunda-feira, 4 de julho de 2011

LEIA ENTREVISTA BLOG UDIANOTICIAS

sábado, 2 de julho de 2011

Entrevista Exclusiva: Marcos Maracanã
Seguindo a série de entrevistas exclusivas com personalidades da televisão uberlandense e da região, hoje é a vez do apresentador de um dos programas de maior audiência no horário do almoço em Uberlândia, Marcos Maracanã. Ele conta tudo, sobre sua saída da TV Vitoriosa, sobre ser um homem questionador e muito mais!

UN: Conhecido na cidade e região por ser um homem do povo, questionador, porque não se candidata a política?
MM: Tenho um compromisso com minha profissão com as pessoas que acreditam no meu trabalho social fora das câmeras e sobretudo com a liberdade de executar algo que sem falsa modéstia tem agradado a todos. A política causa muito mais dissabores.Isso não me impede de enfrentar novos desafios.
UN: Na cidade, muito sse comentou sobre a sua saída da TV Vitoriosa. As pessoas se assustaram muito. Você escutou e teve que explicar para muitas pessoas, o seu desligamento da afiliada ao SBT?
MM: Sai de uma emissora que não me ofereceu uma estrutura que eu pedia a muito.Cheguei a deixar em audiência 35 pontos e em Share 72%(IBOPE)o maior da historia do jornalismo da região e da emissora. Tenho muito que agradecer aquela emissora,mas quando você percebe que seu espaço encurtou é hora de galgar novos caminhos.Além disso, recebi uma bela proposta de salário com uma bandeira que não para de crescer chamada Rede Record. Na Vitoriosa deixei alguns poucos amigos.Gente que verdadeiramente gosta de mim são, os telespectadores e minha família.

UN: Você questiona muitos os políticos, autoridades, o povo, a sua força e coragem, devem dar inveja e gerar muita raiva em algumas pessoas. O que você diz sobre isto? Não tem medo não?
MM: O meu jornalismo é de provocação,investigação e de respeito a todos....não bajulo autoridade,mas tenho por obrigação de respeita-los.Alguns me odeiam de verdade.Nesta administração tem gente que me odeia mesmo,torce para que eu possa desaparecer.Rezo pra elas todos os dias.Não tenho medo,acredite se quiser durante 10 anos de jornalismo policial tive pouquíssimos problemas com traficantes e ameaças covardes,a maioria dos empecilhos e problemas graves na minha vida vieram de gente da política,gente que trabalha nos bastidores e não tem coragem de falar na frente como eu tenho de falar na televisão.Um dia conto tudo e sei de muita coisa.É bom que as pessoas da politica me respeitem,pois aqui costumam chamar jornalista questionador como eu, de pé de chinelo e outras coisas mais.
UN: Você já foi vítima de alguma situação por ter enfrentado, encorajado alguma pessoa?
MM: Repito, fui e sou vitima na maioria das vezes de processos de gente covarde que não gosta de ouvir verdades e cobranças..você já viu alguma prefeitura ou político assumir que esta errado ou que foi injusto com o cidadão? Nas cadeias,nas ruas,nas classes menos favorecidas sou elogiadissimo e em algumas festas de bacana,alguns viram a cara e olham torto pra mim...não estou nem ai e se possivel vou nestas festas para causar este tipo de reação e pra mostrar que não tenho medo de encarar estas pessoas.Detalhe entro em qualquer lugar..tem gente por ai que não entra de jeito nenhum.
UN: Há dois anos a frente do Balanço Geral, o que mudou para você desde da sua chegada a nova casa?
MM: Pude provar para um diretor de televisão que afirmava o tempo todo que eu tinha muita audiência de manhã porque eu não tinha concorrência no horário.Mostrei a ele que, se equivocou,estou crescendo a cada dia com consistência e com novos desafios. Neste horário do almoço procuro respeitar o telespectador,posso realizar um trabalho de mostrar coisas boas que é o que falta na TV Brasileira,chega de tanto sangue...vc não acha? Adoro ser provocado,me preparei espiritualmente e intelectualmente pra isso.Sou provocado por poucos e reconhecido por muitos, isso é gratificante demais na vida de um profissional como eu. Existem lugares em diversas cidades do Brasil que ando e sou reconhecido,este é um sonho que transformei em realidade.Detalhe não me envaideço,apenas minha responsabilidade aumenta cada dia mais.
UN: Mesmo Uberlândia sendo uma sub - sede, como você acha que a cidade deveria se preparar para receber atletas, imprensa, comissões?

MM: Ainda falta muito ou tudo.O investimento primeiro deve ser feito em ser humano e depois em concreto em infra estrutura que alias a nossa ainda precisa e muito. O que vão roubar nesta COPA do mundo não está escrito em nenhum gibi. Outra coisa a COPA do mundo no Brasil servirá pra uma coisa:Turismo sexual para estrangeiro.Quem viver verá.A COPA só vai sair por isso.A FIFA dá inveja em qualquer máfia mundial.
UN: O seu nome no porta Uberlândia Notícias, apareceu por diversas vezes, e gerou bastante polêmica e comentários, dizendo que o Uberlândia Notícias seria filiado ao Grupo Paranaiba, e até se colocou em questão parentesco. O que você diz sobre isto?
MM: Quero deixar claro que nunca, eu disse nunca precisei de puxar saco ou bajular alguém na minha vida para alcançar meus objetivos.Sempre lutei e ralei muito para ocupar um pequeno espaço neste universo chamado comunicação que tem muita gente boa,mas tem muita gente traíra e vaidosa que se prepara quase uma hora penteado cabelo e maquiando e depois que entra no ar só faz besteira e pior parecem verdadeiros robôs. Não posso e não tenho que aceitar ninguém me ofender de forma destrutiva... as pessoas não sabem de minha historia,repito, de minha luta do que enfrentei pra chegar onde cheguei.Não sou obcecado por poder e sim pelo meu trabalho e por JESUS CRISTO. Daqui pra frente teremos ainda mais polemica pois alguns jornais lançaram meu nome como candidato a vice prefeito.Esqueceram de me perguntar,apenas isso.
Cheguei no Grupo Paranaíba pela porta da frente e pretendo sair pela porta da frente.Já recebi diversos convites e recusei.Tudo tem sua hora e seu momento.Para alguns uso a frase de Zagalo:”VOCÊS VÃO TER QUE ME ENGOLIR”.


UN: Para os estudantes de jornalismo, qual a sua dica para vencer na profissão?
MM: A principal delas e parar de ficar fofocando em rede social e sair pra rua,pois lá é que se consiste uma verdadeira matéria.Hoje você entra numa redação e não escuta nem barulho,parece uma reunião de monges,todos estão parecendo robôs e não questionam nada,não criam nada. Não sei o que será da comunicação verdadeira daqui pra frente,falta gente corajosa.Costumo dizer sem querer desrespeitar ninguém que pra ler TP(telepronter) está cheio por ai,quero ver criar inovar,respirar jornalismo e não faze-lo por modismo apenas para ter um rostinho sendo mostrado na televisão e a família apenas a família achando bonito.
"Nós nos transformamos naquilo que praticamos com freqüência. A perfeição, portanto, não é um ato isolado. É um hábito". Aristóteles
Os agradecimentos finais a Marcos Maracanã. Obrigado.
Redação.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Sou a favor de 100 de prisão

Crimes Hediondos, cidadão deveria ser condenado a 100 anos de prisão.

Estudiosos falam que nenhuma pena privativa de liberdade pode ter uma finalidade que atente contra a incolumidade da pessoa como ser social. Isso na minha concepção é balela,pois sempre iremos encontrar os "operadores do direito" nas portas de cadeia,achando uma brechinha para tirar estes psicopatas do clausur.
O Codigo Penal brasileiro foi feito somente para os pobres... E o Civil para os ricos...Precisamos, sim, de um sistema carcerário eficiente, de uma polícia bem remunerada, de modo, que o indivíduo que comete o crime saiba que não vai sair impune, com uma reforma no sistema processual, diminuindo os benefícios.
Penso que o aumento do tempo de cárcere inibirá as ações de presos de alta periculosidade,pois existem casos de pessoas irrecuperáveis e que devem mofar na cadeia.

Marcos Maracanã
Balanço Geral

domingo, 19 de junho de 2011

CRIMINOSOS PRESOS!



Polícia Civil de Uberlândia
prende acusados de matar empresária

A Polícia Civil de Uberlândia apresentou hoje (domingo, 19) à tarde os dois homens acusados da morte da empresária Jussara Carolina de Paiva, 26 anos, assassinada na sexta-feira, 17, à tarde, após ter sido seqüestrada quando se dirigia para a academia de ginástica, no bairro Fundinho. Os homens a mataram para roubar o carro e pertences.

Nilson Rodrigues, 19 anos, e Leandro Martins da Conceição, 18 anos, foram presos ontem à tarde, nas proximidades de suas residências, no bairro Custódio Pereira. Ambos foram capturados menos de 48 horas depois do crime, durante investigações iniciadas logo após o marido da vítima ter registrado a ocorrência de seu desaparecimento.

Os dois confessaram o crime. Eles informaram que saíram de suas casas, de ônibus, em direção ao centro da cidade, com o objetivo de “fazer dinheiro”, ou seja, um assalto, e que escolheram a vítima de forma aleatória. Jussara trafegava em seu carro Mitsubichi quando foi abordada e obrigada a trafegar pelas ruas por mais de uma hora.

Os criminosos, então, levaram a vítima para as margens da BR-452, no trecho entre Uberlândia – Araxá, praticaram violência sexual, e a assassinaram com dois tiros na cabeça. De acordo com a Polícia Civil, o autor dos disparos foi Nilson. O autor alegou que por temer ser reconhecido posteriormente decidiu matá-la e fugir com o automóvel.

As pistas surgiram com o achado do veículo na BR-050, no perímetro urbano. Os investigadores apuraram que havia câmeras de filmagem nas empresas às margens da rodovia e checaram, que dois homens abandonaram o veículo. Horas antes, ambos viajado para Corumbaíba (GO), onde tinham jogado fora os documentos da vítima e do carro.




Ontem, a Polícia Civil prendeu um terceiro envolvido. Leonardo Correia Dantas, 36 anos, foi preso no bairro Custódio Pereira, sob a acusação de receptar o estepe do carro, chaves e ferramentas e o celular da vítima. Ele será indiciado por receptação. A arma usada no crime foi recuperada. O proprietário, Nilson, tentava jogá-la fora.

O delegado regional de Polícia Civil, Samuel Barreto de Souza, disse que, embora com todas as dificuldades, as equipes designadas para as investigações apuraram o crime num curto espaço de tempo. Ele informou que Nilson e Leandro são investigados num roubo de carro e que o mais novo ainda está de liberdade assistida pelo Judiciário.

Equipe: Delegado Regional Samuel Barreto de Souza. Delegado Eduardo Fernandes Peres Leal. Inspetor Roberto Souza Costa. Investigadores: Rodrigo Luiz Felix Borges, Thiago de Aquino Costa Souza, Leonardo Machado, Luiz Natal França, Lenon Lopes Viegas, Rodolfo Cardoso Ribeiro.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

CRIME BARBARO







Esta jovem Jussara Carolina de Paula 26 anos foi covardemente assassinada.Ela desapareceu após sair da academia e suas roupas de ginastica foram encotradas no bairro Fundinho.
Se você tem informações ou viu alguma coisa por favor ligue 181 ou 190.




CAMPANHA PARA DOAÇÃO DE MEDULA



Matheus Rodrigues ,um adolescente de 15 anos que descobriu através de exames de rotina, que estava com aplasia medularOs interessados em fazer a doação de sangue devem procurar o hemocentro da UFU(Universidade Federal de Uberlândia) e entrarem em contato com: Mário,Jaqueline, Danielle ou Marlene, informando o nome da criança receptora, MatheusRodrigues.O cadastro do receptor Matheus está, também, no INCA (Instituto do Câncer) eREDOME no Rio de Janeiro, receptível à doações do mundo todo.Pedimos, encarecidamente, para que dêem atenção para esse e-mail, lendo,repassando para os contatos e divulgando verbalmente.Os telefones de contato são os seguintes: 3214 1374/ 9979 1374.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Quando nasce um bebe



Quando nasce uma criança



O mundo inteiro sorri



Porque brilha a esperança,



De algo bom que está po vir



Deus tem um plano para cada bebê



Ates mesmo de nascer



Um lindo proposito uma missão



Um sonho gravado em seu coração



Pra viver e marcar sua geração



E você também precisa saber



Que antes mesmo de nascer



Deus já tinha um plano pra você



Um lindo proposito uma missão



Um sonho gravado em seu coração



Pra viver e marcar sua geração

domingo, 12 de junho de 2011

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Texto de despedida de um Lider do Exercito.

BRASÍLIA, 09 MAI 2011

PALAVRAS DE DESPEDIDA

Em meu nome e do Gen Mayer, agradeço a presença de todos.

Há exatos 16 511 dias, transpus o portão dos novos cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras.

Iniciava-se então o ciclo mais produtivo de minha vida. Tentarei, em alguns minutos, recordar, sumariamente, personagens, fatos e reflexões que marcaram de forma indelével essa trajetória.

Começo pelos meus 21 irmãos de Arma. Caminhamos juntos, desde a sábia escolha que fizemos, há 42 anos. Reunimos a melhor Turma de Cavalaria da história do Exército. Custo a acreditar que alguns cavalgam hoje nas pradarias eternas. Guedes, Gaspar, Vilarinho e Pedro Couto, guardo de vocês, que saíram de forma sem permissão, uma enorme e irremediável saudade.

Minha gratidão aos abnegados e brilhantes mestres e instrutores, muitos aqui presentes, que renovaram periodicamente meu horizonte de conhecimento, nas diversas escolas do nosso primoroso Sistema Militar de Ensino, oásis indiscutível da educação, em um País, onde esse tema só é prioritário nos palanques eleitorais.

Minha homenagem aos Oficiais Generais com quem convivi, ao longo desses 45 anos. Exemplos de dedicação, honradez e profissionalismo, eles são escolhidos por um Sistema de Promoções que não é infalível, por ser conduzido por seres humanos, entretanto é marcado pela honestidade de propósitos, pela isenção e pelo senso de justiça. Espero que não aceitemos jamais ingerências políticas nesse processo, sob pena de violarmos nossos valores mais caros.

Comandantes e comandados, por intenções, atos e palavras, escrevem a história militar. Fui brindado, de aspirante ao mais alto posto, pelo convívio com sucessivos comandantes, da mais alta estirpe. Não vou citá-los para evitar omissões. Eles me ensinaram, sobretudo, que nada substitui o exemplo. Com eles aprendi que o Chefe militar nem sempre consegue ser um líder, mas jamais pode abdicar de tentar sê-lo, obstinadamente.

Aos meus comandados, dedico uma reverência respeitosa. Eles foram a principal motivação da minha vida profissional. Obrigo-me a uma citação especial aos que me acompanharam nas duas mais difíceis e relevantes missões de minha carreira. No Haiti, como comandante de uma força de paz, em um país estrangeiro, numa situação real, e na Amazônia, onde a presença efetiva do Estado Brasileiro se resume, quase sempre, à estóica presença das Forças Armadas. Confirmei, nessas ocasiões, o valor do soldado brasileiro e a sabedoria do postulado que cultivei incansavelmente: ao subordinado devemos, antes de tudo, respeito e lealdade. Jamais violei esses princípios. Orgulho-me de poder encará-los, desde s empre, com a cabeça erguida, olhos nos olhos.

A meus últimos comandados, do Departamento de Ciência e Tecnologia, impõe-se uma explicação. Quando fui nomeado para chefiá-los, vocês ouviram, nos corredores do Quartel-General, que eu estava sendo colocado em uma geladeira profissional. Sem dúvida, o DCT nada tinha a ver com meu perfil e minhas aptidões. Por decisão do Comandante Supremo, eu me tornara o exemplo típico do homem errado no lugar errado. Como aprendi, desde cadete, que missão é para ser cumprida, procurei superar minhas notórias deficiências nessa área. Seguindo os passos de meus antecessores, busquei valorizar ainda mais o Engenheiro Militar e fazer com que o Exército avaliasse melho r a importância da Ciência e Tecnologia no mundo de hoje. Lutei para que a Força Terrestre se convencesse de que não haverá a tão sonhada transformação, sem um investimento maciço em autonomia e inovação tecnológica. A experiência, graças a vocês e ao ineditismo de tudo que conheci e aprendi, foi gratificante. Espero que colham os frutos desse trabalho.

Passo agora às jóias mais preciosas desse ciclo: meus filhos Renata e Mário Márcio. Vocês nos deram pouquíssimos problemas e infinitas alegrias, até pelas escolhas que fizeram no casamento. Por serem mais ajuizados do que eu, negaram-me a chance de aplicar os ensinamentos de Psicologia que a AMAN e a vida me transmitiram. Não seguirei a praxe de lhes pedir desculpas pela ausência. Eu e vocês ausentamo-nos quando as circunstâncias exigiram, sempre em busca do sucesso, que, felizmente, todos alcançamos. Meus adorados netos, Leonardo, Henrique e Luís Felipe enchem o presente de alegria e serão, por certo, os perp etuadores do clã, no futuro.

Sonia, você é única. Foi sempre o sustentáculo da família. Amor e emoção à flor da pele. Atua em todo o campo de batalha. Comanda o apoio logístico e faz a segurança da área de retaguarda. Às vezes defende o dispositivo e realiza contra-ataques de desaferramento. Tem ainda papel preponderante nas ações retardadoras e nos retraimentos e, fatalmente, será bastante exigida a partir de agora, na retirada. Devo-lhe parcela considerável do meu sucesso. Obrigado por tudo.

Propositalmente deixei por último meus pais. Sem eles, por motivos óbvios, nada disso teria acontecido.

Dona Edina, minha extremada mãe, professora por vocação, avó amantíssima. Tu foste a educadora clarividente que jamais transigiu com a displicência e exigiu-me, sempre, no limite da minha competência. Tu me mostraste que a vida é luta renhida e fez de mim um estudante diferenciado, não pela inteligência, mas sim pelo método e pela objetividade. Lembro de ti, intensamente, cada vez que devo superar-me e não foram poucas vezes.

Cel Ary, meu adorado pai. A saúde frustrou teus ideais de guerreiro e te transformou em um admirado professor. Partiste muito cedo, quando eu era um jovem tenente. Eras o meu amigo mais leal e sincero, meu companheiro de todas as horas, meu ombro acolhedor. Tua presença, tua gargalhada, teu assobio enchiam a casa. Personificavas a alegria de viver. Lutaste, em 1964, contra a comunização do país e me ensinaste a identificar e repudiar os que se valem das liberdades democráticas para tentar impor um regime totalitário, de qualquer matiz. Foste meu exemplo de dedicação profissional, retidão de caráter, honestidade ina balável, e amor ao Exército e ao Brasil.



Minhas senhoras e meus senhores.

Não vou agradecer ao Exército pelo muito que me proporcionou. Mantive com a Instituição uma relação de amor intenso, sem máculas, uma troca de energia e conhecimento, desinteressada e produtiva.

Se voltasse a passar pelo portão dos novos cadetes, faria tudo novamente. Talvez conseguisse ser mais solidário, mais atencioso, mais organizado, mais paciente, mais competente e mais uma infinidade de outros predicativos. Talvez por isso não nos deixem repetir o percurso. Perderia a graça.

Fui aconselhado, algumas vezes, a ser menos impetuoso e mais tolerante. Preferi, como Cervantes, seguir pela estreita senda da Cavalaria, e, como ele, desprezar certas honrarias para não abdicar de meus valores.

A partir de hoje, assistirei, da arquibancada, a mais um desafio inédito, que o nosso querido Brasil parece disposto a enfrentar: ser a primeira potência mundial a possuir Forças Armadas mal equipadas e muito mal remuneradas, no entanto altamente motivadas e extremamente competentes, como provam todos os dias, nas mais diferentes missões. Tomara que a experiência continue a dar certo.

Lembro apenas um pensamento de Rui Barbosa: “A Nação que confia mais nos seus direitos do que em seus soldados, engana a si mesma e cava sua ruína”

Ao meu dileto amigo Gen Mayer, faço votos de que continue se valendo da competência, do bom senso, da inteligência, da liderança e da capacidade de gerência que o trouxeram até aqui. O Departamento de Ciência e Tecnologia ganha hoje um grande chefe militar. Que Deus o proteja.

Aliás, devem estar surpresos por não ter falado em Deus até aqui. Não julguei necessário. Com Ele me entendo de modo especial. Não preciso de igrejas, de rezas, nem de reverendos. Bastam meus pensamentos, meus sentimentos e meus atos.

Obrigado a todos.

Brasil acima de tudo.

domingo, 22 de maio de 2011

Caminhada da Comunicação




Um evento histórico no Parque do Sabiá hoje pela manhã.
Bosque da Comunicação,visite no Parque.

sábado, 21 de maio de 2011

Falta Muito ainda



Infelizmente percebi nestas minhas pedaladas que ainda falta muito ainda no que diz respeito a planejamento urbano para quem quer se locomover a pé ou de bicicleta em Uberlândia.

Os investimentos em grande parte são para os carros e pedestres e ciclistas são colocados sempre em segundo plano.

Outro detalhe a qualidade das calçadas, o desrespeito dos motoristas, a falta de ciclovia e de ciclofaixas, a temperatura instável, tudo serve para desestimular as pedaladas. E não é só isso. Os pedestres também reclamam.

O problema é que a quantidade de espaço para pedestres, por exemplo, não aumentou, en­­quanto o número de veículos cresceu muito nos últimos anos.

A falta de respeito dos motoristas com os ciclistas é um ponto negativo que desestimula o uso da bicicleta. A mudança de cultura é apontada como o primeiro passo para que esse modal seja mais usado na cidade. “Os motoristas precisam entender que o usuário de bicicleta está desafogando o trânsito. O motorista apressado e mal-educado não compreende que as pessoas usam a bicicleta como meio de transporte”.Ouvi de um entrevistado.

É preciso reconhecer a bicicleta como um meio de transporte. A demanda dos ciclistas não é por ciclovias, mas por ruas cicláveis, com sinalizações adequadas. Algo que torne o trânsito amigável, o que já é por si só um incentivo para quem pensa em andar de bicicleta.

As empresas, por exemplo, deveriam incentivar mais os trabalhadores a irem para o trabalho de bicicleta, criando bicicletários,banheiros para um banho,isso é raro nos dias de hoje.

Existe uma alternativa simples para resgatar as ruas como um espaço público de convivência. Cidades realmente inteligentes perceberam isso e saíram na frente implantando a bicicleta como modal de transporte urbano. Incentivar o uso das bikes não é algo que exija obras faraônicas ou grandes investimentos, mas sim visão de futuro e boa vontade política.



PEDALE PRA VIDA.


Pedalamos pra nos sentir mais leves,não na balança,mas na sensação que acontece toda a vez que vamos deixando este montão de coisas pelo caminho.
Pedalamos por ter o prazer de sentir e ir descobrindo a vida por completo.
A pedalada serve para que possamos descobrir nossa cidade e nestes momentos descobrimos que o tempo é mais do que uma palavra.
Quando pedalamos descobrimos que não giramos apenas o pedal e sim nossa mente,nossa memória.
Pedalamos por que não nos ensinaram a conviver com o pouco e sim com o sempre querer mais e mais.
De carro pode até ser mais rápido a chegada,mais a bicicleta te dá a oportunidade de encurtar os caminhos e também chegar sem atraso.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

quarta-feira, 18 de maio de 2011